Mandetta diz que vai estudar proposta de Bolsonaro

Mandetta disse que tem que melhorar esse negócio de quarentena. Porém, o vice-presidente Mourão afirma que a posição do governo é de isolamento social

Mandetta diz que vai estudar proposta de Bolsonaro: “Vamos, sim, olhar”(Foto: Divulgação)

Na tarde desta quarta (25), durante entrevista coletiva, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta,  ‘afrouxou’ o discurso quando se referiu à proposta do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o ministro, a proposta do presidente de fazer o isolamento vertical, será estudada. Assim, se for aprovada, somente pessoas com idades superior a 60 anos e pacientes com doenças crônicas ficarão em quarentena.

Além, disso Mandetta não poupou críticas à quarentena horizontal, como está sendo agora. “A gente tem que melhorar esse negócio de quarentena, ficou muito desarrumado, não ficou bom, foi muito precipitado. Ficou um negócio de entramos e não sabemos como saímos.

Conforme o ministro, existem duas maneiras de se fazer quarentena. “Isso tudo vai ser estudado. O presidente fez um apelo e nós vamos, sim, olhar”.

MOURÃO CONTRADIZ

General Mourão (Foto: Divulgação)

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão contradisse o presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (25). Conforme Mourão, a posição do governo no combate à pandemia é de isolamento e distanciamento social.

A afirmação foi durante uma entrevista coletiva do Conselho Nacional da Amazônia Legal.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVIDADE

Caixa Tem possibilita que beneficiários façam compras em lojas físicas

LUTO NO JORNALISMO

Morre o jornalista Gilberto Dimenstein, vítima de câncer no pâncreas

BOA NOTÍCIA

Paraná deve receber R$ 71 milhões para apoio à classe artística

Comentários