Mesmo com chuva, guarapuavanos participam de Caminhada em homenagem a Wycaro

Mobilização também pediu o fim da violência

(Foto: Vereador Samuca)

A tarde chuvosa e o clima frio deste domingo (7) não intimidaram os guarapuavanos que compareceram na Caminhada Silenciosa em homenagem a Wycaro Elias Domingues de Deus, morto com golpes de faca em uma casa no Residencial 2000 no último dia 29.

Em meio aos tantos guarda-chuvas, as camisetas brancas e os balões da mesma cor destacavam o pedido de paz dos participantes. Dezenas de pessoas se reuniram na Praça 9 de Dezembro e caminharam até o Parque do Lago, levando uma faixa com a frase “Wycaro, peregrino do amor”. No local, a comunidade cantou e abriu espaço para depoimentos sobre o jovem assassinado.

“O que não podemos é deixar que a morte do Wycaro caia no esquecimento e que o autor do crime fique impune”, afirmou Elias Kraus de Deus, pai do jovem morto.

Ativista do bem, há 10 anos Wycaro era voluntário em projetos sociais para recuperar adolescentes e jovens dependentes. Ele fundou o projeto ‘Assis Pelas Ruas’ e fazia parte, também, de outros movimentos e projetos sociais. Sua morte segue sendo investigada pela Polícia Civil de Guarapuava, mas detalhes sobre o crime ainda não foram esclarecidos. Horas após a morte de Wycaro, o jovem Weliton Marcos Chimilosk, de 20 anos, se apresentou à polícia e confessou ter cometido o crime. Após o depoimento ele foi liberado.

* Colaboração Andrea Alves. 

Relacionadas

MERCADO DE TRABALHO

Paraná é o estado que mais empregou pela Agência do Trabalhador

CONVERSA ON-LINE

MIS-PR promove conversa comemorando o dia do patrimônio audiovisual

BOA AÇÃO

Grupo 'Duelo do Bem' começa as reformas no hospital Santa Tereza

Comentários