Moro defende oportunidade de trabalho para presos

Segundo o ministro, esta será uma forma de ressocialização

*Reportagem com áudio

 

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, defendeu nesta segunda feira (6), que as empresas brasileiras contratem pessoas que cumprem pena ou que deixaram o sistema prisional. De acordo com Moro, é importante que os empresários ofereçam oportunidades de emprego para essas pessoas como forma de ressocialização.

A fala foi dita pelo ministro durante a cerimônia de entrega do Selo Resgata a 198 empresas de 15 estados. Este selo, que foi lançado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no fim de 2017, é uma estratégia federal de estímulo às empresas públicas e privadas, bem como a órgãos públicos e empreendimentos de economia solidária, para que contratem pessoas privadas de liberdade que estejam cumprindo penas alternativas ou que já tenham deixado o sistema prisional.

A contratação dessas pessoas é feita por meio de convênios que as empresas habilitadas a apoiar o trabalho de ressocialização assinam com os governos dos estados onde atuam.

Relacionadas

FUTEBOL

Conheça os 10 maiores artilheiros da seleção brasileira de todos os tempos

13º SALÁRIO

Décimo terceiro salário vai injetar 5,4% a menos na economia em 2020

INDECISO

Bolsonaro diz que vai revogar decreto sobre participação privada no SUS

Comentários