Municípios começam a receber recursos destinados à assistência social

O dinheiro é referente aos meses de abril, maio e junho. Outra parte dos recursos é planejada para que os municípios atuem em três frentes

Outra parte dos recursos é planejada para que os municípios atuem em três frentes (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

A partir de hoje (8), começam ser transferidos para a assistência social de todos os municípios recursos da ordem de R$ 600 milhões. A transferência do dinheiro é referente aos meses de abril, maio e junho e será feita pelo Ministério da Cidadania, por meio do Fundo Nacional de Assistência Social. O objetivo é proteger a população vulnerável, que mais tem sofrido as consequências da pandemia do novo coronavírus.

Conforme o ministro Onyx Lorenzoni, o pagamento de uma parcela que vai englobar três meses para dar condições para o Sistema Único de Assistência Social (Suas) é um meio de levar mais limento, prevenção, carinho, conforto e estímulo para a população enfrentar o momento.

Um segundo repasse será feito em 8 de junho. Assim vão ser mais R$ 600 milhões, referentes aos meses de julho, agosto e setembro. Desse modo, o total destinado ao fortalecimento da assistência social chegará a R$ 1,2 bilhão. Os recursos foram garantidos na Medida Provisória nº 953, publicada em 16 de abril, que abriu crédito extraordinário de R$ 2,5 bilhões.

De acordo com o Ministério, outra parte dos recursos será destinada para os municípios atuarem em três frentes: aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para as equipes de assistência social; compra de alimentos para as instituições que cuidam de idosos, além de orfanatos; e ações de acolhimento e abrigamento de moradores de rua.

É um volume de R$ 1,03 bilhão para a aquisição. Nós temos hoje 1.686 municípios brasileiros habilitados a receber os recursos. São R$ 159 milhões que estão sendo transferidos a partir de hoje para esses municípios, também no sistema de duas parcelas. Recebe um primeiro volume que permite o atendimento por três meses e, depois, uma segunda parcela em junho, para atender outros três meses.

*(Com informações da Agência Brasil)

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

NO TRÂNSITO

Hoje inicia a Semana Nacional do Trânsito em todo o país

NÚMEROS ASSUSTADORES

Insegurança alimentar cresce e atinge mais três milhões de pessoas

COVID-19

Eduardo Pazuello assume oficialmente o Ministério da Saúde

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com