Poesia na Fachada encanta os moradores de Guarapuava

Assim, a Unicentro criou o Poesia de Fachada, que une o texto e a paisagem urbana. Os pequenos textos abordam temas como a vida, o tempo e o amor

Poesia na Fachada encanta os moradores de Guarapuava (Foto: Coorc/Unicentro)

Em tempos de isolamento social, em que a ansiedade e a angústia predominam, a cultura tem se mostrado uma grande aliada dos brasileiros. Pensando nisso, a Unicentro está buscando meios de incentivar os moradores de Guarapuava, criando projetos e ações que estimulem a imaginação e o entretenimento. Assim, a universidade criou o Poesia de Fachada, que une o texto e a paisagem urbana.

É por meio da Diretoria de Cultura, com apoio da Coordenadoria de Comunicação Social, que a universidade está projetando poemas na fachada do Centro Universitário Uniguairacá, que é parceiro dessa ação. De acordo com a diretora de Cultura da Unicentro, professora Níncia Teixeira, para a exposição Poesia na Fachada, ela selecionou versos de autores brasileiros que utilizaram o haicai em algumas de suas produções poéticas, como Mário Quintana, Carlos Drummond de Andrade, Helena Kolody, Paulo Leminski e Alice Ruiz.

Eu tive a ideia de projetar poesias em fachada nesse tempo de pandemia. Eu escolhi haicais, que são poesias mais curtas, que podem ser projetadas. Então, nós fizemos uma parceria com a Faculdade Guairacá para que pudéssemos colocar em cena essas poesias.

O haicai é um estilo de poesia de origem japonesa, composta em três versos – o primeiro com menos sílabas, o segundo um pouco mais longo e o terceiro novamente mais curto.

Os pequenos textos abordam temas como a vida, o tempo e o amor. Dessa forma, a escolha de poesias para o painel priorizou obras que transmitissem positividade, o que, na opinião do coordenador de Comunicação e Marketing da Uniguairacá, professor Jean Koszalka, serve de inspiração e conforto aos cidadãos de Guarapuava neste momento de pandemia.

Essa parceria com certeza trará inspiração aos guarapuavanos e a toda a comunidade que passar pela rua Padre Chagas, que serão impactados pelas poesias, tendo em vista que o público busca sim conteúdo, palavras de conforto e inspiração, busca cultura.

Desse modo, é possível ver as poesias sendo projetadas nas noites de segunda a sexta, entre às 19h30 e às 22h30, na fachada lateral da Uniguairacá. Portanto, pode ser visto do cruzamento entre as ruas Padre Chagas e Brigadeiro Rocha.

Nesse momento que estamos vivendo, que é bastante angustiante, nós pensamos em novas maneiras de comunicarmos e apresentarmos a arte como uma forma de entretenimento. Nesse período, aprendemos que conseguimos viver sem shopping, sem compras, mas não conseguimos viver sem arte e sem cultura.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SETEMBRO AMARELO

Pandemia reforça novos cuidados com a saúde mental

DIA DA ÁRVORE

Instituto Água e Terra desenvolve ação para o Dia da Árvore

INTERNET

Dentro de aldeias, escolas indígenas recebem internet

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com