Verão chegará com chuva e raios, mas calor seguirá em alta

Previsão do Simepar é que o Natal seja chuvoso na região de Guarapuava. Estação mais quente do ano começa às 20h23 desta sexta (21)

Nuvens carregadas (Foto: Orlando Silva)

As pessoas estão curtindo as últimas horas da Primavera, já que nesta sexta feira (21), às 20h23, começa oficialmente o Verão. Esta temporada segue até às 18h58 de 20 de março de 2020.

De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), nos primeiros dias, o tempo ficará abafado com chuvas regulares devido à umidade do ar em todas as regiões. O calor segue intenso desde hoje (21) até o domingo (23), porém, com previsão de pancadas de chuva e muitos raios, principalmente à tarde e à noite. Para esta sexta (21), a temperatura máxima prevista para Guarapuava é de 29°C.

Segundo o meteorologista do Simepar, Reinaldo Kneib, como uma frente fria sobre o Oceano Atlântico próxima ao Litoral deixa a atmosfera instável no Paraná, o Natal deve ser chuvoso em quase todo o Estado. As previsões do tempo para até 15 dias em cada município estão disponíveis através deste link.

CHUVAS

São esperadas chuvas fortes com muitos raios e rajadas de vento em todo o Estado, que podem causar enxurradas, inundações e outros impactos. Segundo Kneib, historicamente, o Verão paranaense é chuvoso.

“Sistemas atmosféricos de mesoescala associados ao maior aquecimento diurno e à disponibilidade de umidade causam chuvas intensas e localizadas de curta duração, com raios, vendavais e granizo em todas as regiões”, diz.

As previsões de modelos climáticos com prognósticos mensais e sazonais indicam a ocorrência do fenômeno El Niño com fraca intensidade neste Verão. Caracterizado pelo aquecimento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico tropical, El Niño altera os padrões dos ventos em escala global, afetando regimes de temperatura e chuva.

TEMPERATURAS

De janeiro a março de 2019 as temperaturas tendem a ficar entre a normalidade e um pouco acima da normal climatológica em todas as regiões.

“São esperados dias consecutivos com temperaturas muito elevadas em períodos sem chuva”, informa Kneib.

No entanto, as temperaturas tornam-se amenas quando frentes estacionárias no Oceano Atlântico próximas ao Litoral formam nuvens e desencadeiam chuvas entre a Região Metropolitana de Curitiba e as praias.

Relacionadas

EXPLOSÃO COVID-19

Em 24h, Guarapuava registra 71 novos casos de covid-19

PEDIDO

Súmula de requerimento de licença de instalação

SÚMULA

Súmula de recebimento de licença prévia

Comentários