Azul retoma operações em Maringá a partir de 13 de julho

Voos serão diretos para Viracopos, em Campinas; Azul deve operar 242 voos diários no próximo mês. Porém, em Guarapuava não há informações sobre o retorno

Azul retoma operações em Maringá a partir de 13 de julho (Foto: Pinterest)

A partir de 13 de julho, a Azul retoma suas operações para Maringá, interior do Paraná. A companhia também irá adicionar novos voos e reabrir seis bases de operação em todo o país. De acordo com a companhia aérea, o destino será o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, com voos às segundas, quartas, sextas e também aos domingos. Conforme a Azul, para essa operação, serão usadas as aeronaves modelos Embraer 195, com capacidade para 118 clientes.

Entretanto, não há informações sobre o retorno das operações em Guarapuava. O Portal RSN procurou o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Sandro Abdanur. Porém, não foi possível obter informações. Os voos foram interrompidos por causa da pandemia e a previsão era de retomada agora em junho.

Principal base operacional da Azul no país, Campinas também voltará a ter operações para Porto Seguro (BA), Sinop (MT), Chapecó (SC) e Marília (SP). Também terá aumento de capacidade nas decolagens para Bauru (SP). Assim, com as adições, o aeroporto campineiro terá 62 voos diários para 33 destinos, reforçando um dos principais diferenciais da Azul: a conectividade.

De acordo com Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul, a malha que está sendo construída para julho fortalece a conectividade da Azul para todas as Regiões do país, reconectando o Brasil por meio do modal aéreo. “Sabemos que o transporte aéreo é essencial e fundamental para contribuir com a retomada da economia e estamos prontos para, junto com as novas medidas de higiene e protocolos sanitários, voar para cada região, garantindo a saúde de nossos clientes e tripulantes que precisam se deslocar entre as cidades”.

DE CAMPINAS

Em Campinas, os Clientes de Maringá poderão voar para destinos como Rio, BH, Vitória, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis. Além de Salvador, Recife, Fortaleza, Belém e Manaus, além do interior de São Paulo.

De acordo com a companhia, ao todo, a Azul deve operar 242 voos diários em dia-pico em julho. O que representa um acréscimo de 42% frente à malha que está sendo operada neste mês. As passagens para os novos voos já estão disponíveis em todos os canais oficiais da companhia.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

SUCESSO

Na contramão do cenário, Prestes anuncia o maior resultado de vendas da história

AUXÍLIO

Prazo para pedir auxílio emergencial termina hoje (2)

BENEFÍCIO

Mais de 11 mil pessoas de alto padrão de renda receberam Auxílio

Comentários