Tráfego na Serra da Esperança será intercalado para retirada de caminhão

O trânsito no local será em sistema intercalado entre as 7h e às 18h desta quinta (30). Um guindaste de grande porte deve fazer a retirada de um caminhão no local

Grave acidente foi na no dia 22 de janeiro (Foto: Arquivo/RSN)

O grave acidente que matou três pessoas no dia 22 de janeiro na Serra da Esperança, BR-277, em Guarapuava ainda vai movimentar a rodovia. Isso porque a Concessionária Caminhos do Paraná, que administra o trecho, precisa fazer a retirada do caminhão que caiu em uma ribanceira de 100 metros às margens da rodovia.

Assim, nesta quinta (30), o tráfego na Serra da Esperança, no km 307 da BR-277, será intercalado, das 7h às 18h. De acordo com a concessionária a ação se faz necessária devido a necessidade de um guindaste de grande porte para retirada do caminhão.

EM ALERTA

Entre a última quarta (22) e esta terça (28) foram registradas cinco ocorrências envolvendo caminhões. Na quarta (22) três pessoas morreram na BR-277 na Serra da Esperança, em Guarapuava. Um caminhão ficou sem freio, e desceu desgovernado atingindo dois veículos.

Já na quinta (23), Luiz Carlos Lima, 37 anos, morreu depois de tombar um caminhão carregado com batatas, também na BR-277. Já no sábado (25), um motorista de caminhão teve problemas mecânicos com o veículo na Serra da Esperança, ele não ficou ferido, mas a cabine do caminhão ficou destruída pelas chamas.

No domingo (26), outro motorista de Guarapuava morreu. Vanderlei Schupchek Júnior, 26 anos, conhecido como ‘Melancia’, tombou com um caminhão carregado de batatas na PR-445. Ele morreu no local.

Já na tarde dessa segunda (27) um caminhão ficou sem freios numa das ruas de Guarapuava. O caminhão acabou caindo dentro do Lago no bairro Batel.

LENTIDÃO

Não podemos afirmar que tais ocorrências estejam atreladas à falhas mecânicas dos veículos, ou diretamente na desatenção e imprudência dos motoristas. Entretanto, uma das possíveis causas apontadas por leitores e usuários da rodovia BR-277, especificamente para os acidentes na em tal rodovia, é a falta de duplicação.

Na semana passada, leitores registraram longas filas de veículos na rodovia. Além isso, relataram esperas de mais de 40 minutos por conta de obras de manutenção na BR-277 na Região de Guarapuava. A Concessionária Caminhos do Paraná, que administra o trecho, informou que as filas foram causadas por obras de manutenção exigidas pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

No site da concessionária, ainda consta um alerta de lentidão em diversos pontos da rodovia, inclusive na Serra da Esperança, nesta terça (28), por conta das manutenções.

*Os motoristas que trafegam no local devem redobrar a atenção. 

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

O ALERTA CONTINUA

Neste sábado (5), Guarapuava registra 37 novos casos de covid-19

BAZAR BENEFICIENTE

Bazar agendado 'Vidas por Vidas' ocorre todos dias em Guarapuava

CUIDADOS

Energisa dá dicas de segurança e economia para iluminação de Natal

Comentários