Governo do Estado transfere sede administrativa para Francisco Beltrão

Estado vai começar a obra de ampliação do Hospital Regional do município. Executivo destina R$ 13,6 milhões para 21 municípios da Região Sudoeste do Paraná

Governo do Estado transfere sede administrativa para Francisco Beltrão (Foto: Jose Fernando Ogura/AEN)

O vice-governador do Paraná, Darci Piana assinou nessa sexta (13), o decreto de transferência da capital administrativa do Paraná para o Francisco Beltrão. Assim, ele e a comitiva do Governo do Estado despacharam as liberações do Poder Executivo com lideranças políticas e empresariais da Região.

A transferência ocorre simultaneamente à Expobel, uma das maiores feiras do setor do agropecuário do Estado. Contudo, o governador Carlos Massa Ratinho Junior não participou da transferência da capital administrativa, em cautela devido a suspeita do coronavírus. Entretanto, no começo da tarde desta sexta (13), os exames de Ratinho Junior deram negativo para o Covid-19.

Durante esta sexta, secretários, diretores de autarquias, presidentes das empresas públicas e deputados estaduais discutiram problemas e potenciais do Sudoeste.

O vice-governador do Paraná, Darci Piana é economista, empresário e está filiado ao PSD (Foto: Jose Fernando Ogura/AEN)

Conforme o vice-governador, a transferência da sede administrativa aproxima as equipes do Governo do Estado das demandas da população. “Francisco Beltrão é uma cidade importante para o Estado, um polo do agronegócio. E a Expobel é referência nacional em qualidade técnica. É uma oportunidade de apresentar as ações do Governo e de ouvir as demandas regionais, o que melhora o nosso planejamento”.

Assim, serão liberados recursos para os municípios da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop) e para a construção de um condomínio do idoso em Francisco Beltrão. Igualmente, para o prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, a sede administrativa do Governo Estadual é um momento importante, de muita integração entre prefeitos, vereadores, presidentes de entidades, deputados e secretários estaduais.

“Essa integração agiliza processos, trabalha a questão de informações sobre os projetos que estão nas secretarias, estreita relacionamentos”.

EXPOBEL 

A Expobel (Exposição da Indústria, Comércio, Agronegócio e Serviços) é a terceira maior feira do Paraná. Ela é considerada uma das maiores exposições do Sul do Brasil e está entre as 10 maiores do País. Enfim, a feira surgiu em 1967 e ocorre a cada dois anos.

Em 2018, foram cerca de 300 mil visitantes, 3,2 mil empregos diretos e indiretos e movimento de cerca de R$ 80 milhões na economia. Além disso, nesse ano, já estiveram na feira mais de 170 mil pessoas.

INVESTIMENTOS

O Governo do Estado destina R$ 13,6 milhões para 21 municípios da Região Sudoeste do Paraná. Posteriormente os recursos serão executados para obras estruturantes e novos investimentos na área da saúde. O anúncio foi feito pelo vice-governador Darci Piana nesta sexta (13), dentro da agenda de transferência da sede do governo.

Os investimentos são divididos em ações de três secretarias. O maior volume é relacionado à saúde. São R$ 6 milhões para aquisição de veículos e equipamentos hospitalares destinados a 16 cidades.

Governo destina R$ 13,6 milhões para municípios do Sudoeste (Foto: Jose Fernando Ogura/AEN)

HOSPITAL  E ASFALTO

Posteriormente ficou estabelecido também, que o Estado vai começar a obra de ampliação do Hospital Regional de Francisco Beltrão. O investimento é estimado em R$ 7 milhões e será fruto da sobra de caixa da Assembleia Legislativa que será devolvida ao Estado.

Contudo, a secretaria de Infraestrutura e Logística destina R$ 5,5 milhões para a recuperação asfáltica nos municípios de Mariópolis e Pranchita. A contrapartida dos municípios será de R$ 730 mil. Serão 5,6 quilômetros na estrada municipal MP-010, em Mariópolis, e 5 quilômetros no trecho entre a BR-163 e a comunidade São Roque, em Pranchita.

TRINCHEIRA

Foi confirmada a construção de uma trincheira para resolver o gargalo urbano do município de Dois Vizinhos. Portanto, a estrutura será erguida na avenida Rio Grande do Sul, no entroncamento com a rua Mario de Barros e a Travessa Santo Pinto Pedroso. A obra deve garantir mais fluidez e segurança no trânsito da cidade.

Sobretudo, o investimento por parte da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas é de R$ 2,1 milhões. A liberação se dá via Sistema de Financiamento dos Municípios (SFM), linha operada pela Fomento Paraná e Paranacidade.

Esta é a 6ª transferência da sede administrativa do Governo. Em 2019, Cascavel, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Pato Branco foram capital (Foto: Jose Fernando Ogura/AEN)

AEROPORTO

Igualmente, a prefeitura de Renascença entregou ao vice-governador Darci Piana o decreto municipal que declara de utilidade pública a área do futuro aeroporto regional que será erguido na cidade para atender toda a Região. Por fim, o prefeito Cleber Fontana de Francisco Beltrão, enfatizou a importância das obras e afirmou que elas prepararam a cidade para o futuro.

“São obras importantes que preparam a cidade para o crescimento, para o aumento da população, da frota de veículos e do movimento em geral”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

REGULARIZAÇÃO

Alguns estabelecimentos precisam regularizar cadastro no 'Comida Boa'

DEFESA DO CONSUMIDOR

Procon de Guarapuava retoma audiências, mas no formato virtual

ECONOMIA

IBGE informa que inflação oficial no mês de agosto fica em 0,24%

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com